Sesc traz a peça Baquaqua, baseada em autobiografia de africano escravizado no Brasil Sesc traz a peça Baquaqua, baseada em autobiografia de africano escravizado no Brasil - Registro-SP Sesc traz a peça Baquaqua, baseada em autobiografia de africano escravizado no Brasil
Siga nosso Canal no Whatsapp

Sesc traz a peça Baquaqua, baseada em autobiografia de africano escravizado no Brasil

Espetáculo narra a trajetória de figura histórica da diáspora africana e será apresentado neste sábado (dia 25), no Teatro do Sesc Registro-SP.

A história de Mahommah Gardo Baquaqua, que escreveu a única autobiografia conhecida de um africano escravizado no Brasil, inspirou a montagem da peça Baquaqua: Documento Dramático Extraordinário, que será apresentada neste sábado (dia 25) no Sesc Registro-SP, às 20h. 

Produzido pela Cia do Pássaro-Voo e Teatro, o espetáculo se baseia nos escritos autobiográficos de Baquaqua, africano que nasceu livre no início do século 19, na região onde hoje fica o Benin e, em 1845, chegou escravizado ao Brasil em um navio negreiro.


A autobiografia, escrita em inglês por Baquaqua, é datada de 1854, mas só ganhou a primeira tradução para o português um século e meio depois. A obra é considerada um relato único e importante sobre a trajetória do africano e as condições degradantes em que viveu, inicialmente em Pernambuco, onde o navio desembarcou numa época em que o comércio transatlântico de escravos já era proibido. 

Após ser vendido para um capitão de navio do Rio de Janeiro, consegue escapar de seus captores durante uma viagem comercial até Nova Iorque e se exila no Haiti. De volta aos EUA, continua sua luta por mais alguns anos até retornar à condição de homem livre.


A autobiografia que dá origem à peça da Cia do Pássaro foi publicada após Baquaqua ter estudado no New York Central College, entre os anos de 1850 e 1853. 

Nos escritos, ele relata histórias da diáspora africana, da escravidão negra e do tráfico transatlântico de africanos. 

Com dramaturgia assinada por Dione Carlos, a peça é dirigida por Dawton Abranches e tem no elenco os atores Alessandro Marba, Breno da Matta e Cristiano Belarmino (stand in). A iluminação é de Alice Nascimento.


O espetáculo faz parte da programação do Festival Sesc Culturas Negras, ação realizada pelo Sesc São Paulo até 26 de maio e que traz mais de 80 atrações em 27 unidades do Sesc na capital, interior e litoral de São Paulo. 

Com diversidade de formatos, a programação é dedicada à valorização, ao reconhecimento e à difusão da cultura negra, destacando suas contribuições para a arte, a cultura e a sociedade brasileira.

Os ingressos para a peça Baquaqua: Documento Dramático Extraordinário estão à venda online no site do Sesc Registro, no app Credencial Plena SescSP e também presencialmente na Central de Atendimento do Sesc Registro.


Serviço:

Festival Sesc Culturas Negras

Teatro - Espetáculo

Baquaqua: Documento Dramático Extraordinário

Com Cia do Pássaro – Voo e Teatro.

Dia 25, sábado, 20h.

Teatro [Interno].

Venda online de ingressos no site do Sesc Registro-SP, no app Credencial Plena SescSP ou presencialmente na Central de Atendimento do Sesc Registro.

Valores: R$ 12,00 (Credencial Plena); R$ 20,00 (Meia entrada) e R$ 40,00 (Inteira).

Não recomendado para menores de 10 anos. Autoclassificação.

Mais informações: (13) 3828-4950.

O Sesc Registro-SP fica na Av. Pref. Jonas Banks Leite, 57 – Centro de Registro/SP.

Sesc traz a peça Baquaqua, baseada em autobiografia de africano escravizado no Brasil
 Sesc traz a peça Baquaqua, baseada em autobiografia de africano escravizado no Brasil





Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem