Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

18 de Maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-juvenil

Campanha nacional completa 20 anos de mobilização.

18 de Maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-juvenil


O município de Registro-SP, nos últimos doze meses, contabilizou 21 casos confirmados de Abuso Sexual e 20 suspeitos, além de quatro casos de Exploração Sexual e mais três suspeitos. O atendimento é realizado pelo Serviço de Proteção a famílias e indivíduos, no Centro de Referência Especializado em Assistência Social – CREAS.


Neste ano, a Campanha Faça Bonito completa 20 anos de promoção da conscientização da população e autoridades sobre a gravidade da violência sexual na vida de meninos e meninas e a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, através do Centro de Referência Especializado (CREAS), em parceria com a Comissão permanente de enfrentamento à violação dos direitos da criança e do adolescente, vinculada ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) convoca toda a população para a necessidade de combater esse tipo de violência que geralmente é praticada por alguém que tem vínculos com a vítima inclusive, familiares. Fatores culturais engrossam essa lista.

“É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual” destacou a secretária de Assistência Social, Andreia Camillo.

FAÇA BONITO tem como símbolo uma flor, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança. O dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o País e ficou conhecido como o “Caso Aracelli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade, o crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

Faça Bonito. Proteja nossas crianças e adolescentes. Denuncie ao Conselho Tutelar pelo telefone 3822-4699 ou pelo disque 100.

Postar um comentário

0 Comentários