Sandra lançou apelo ao Prefeito Hirota e à sociedade registrense: nossa prioridade é enfrentar a fome Sandra lançou apelo ao Prefeito Hirota e à sociedade registrense: nossa prioridade é enfrentar a fome - Registro-SP

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Sandra lançou apelo ao Prefeito Hirota e à sociedade registrense: nossa prioridade é enfrentar a fome

Em Registro-SP, os dados indicam que 11,5 mil pessoas estão em situação de fome, ou seja, 1 em cada 5 pessoas

Sandra lançou apelo ao Prefeito Hirota e à sociedade registrense: nossa prioridade é enfrentar a fome

Na sessão da Câmara de Registro-SP, em alusão ao Dia Mundial da Alimentação, dia 16 de outubro, a Vereadora Sandra Kennedy anunciou resultado sobre a situação da fome em Registro e lançou apelo ao Prefeito e a sociedade “A Prefeitura de Registro deve enfrentar a fome como política pública prioritária, afinal 1 em cada 5 pessoas em Registro estão em situação de pobreza ou extrema pobreza”) São 11.537 pessoas em situação de fome em Registro, com renda percapita entre 0 a 178 reais.”

A vereadora destacou deste total, 7.855 pessoas em renda de até 89 reais por mês. O que significa dizer que uma família com 4 pessoas tem renda de até 356 reais por mês para se alimentar, comprar gás de cozinha, pagar água e energia. Além de aluguel e transporte público (se for o caso).

Ao solicitar as fontes dos dados mencionados pela vereadora recebemos as informações: https://cecad.cidadania.gov.br/tab_cad.php e https://url.gratis/VkJMCO , além de indicar outras informações: https://url.gratis/aVd26W e https://url.gratis/IDb4mo.

Aqueles com renda de 89 reais a 178 reais somam 3.744 moradores. Se morarem com até 4 pessoas na família, significa renda 712 reais por mês o que também não garante recurso para alimento, e as despesas com gás de cozinha, energia elétrica, água e transporte e aluguel!

Isto não pode ser ignorado ou naturalizado. Não podemos achar normal uma família não ter o que comer!”, afirmou a vereadora.

Sandra Kennedy apelou para que o município defina como prioridade enfrentar o drama da fome, desenvolva ações articuladas entre as secretarias da Prefeitura e articuladas com a sociedade, mas que também deve ampliar, em muito, os recursos públicos do orçamento.

Segundo a vereadora em 2020 foram gastos 334 mil reais de recursos próprios do orçamento com aquisição de cestas de alimentos durante todo ano e, neste ano de 2021, até o momento foram empenhados 244 mil, 90 mil a menos, em plena pandemia e suas consequências.

Para agravar a situação, afirmou a vereadora Sandra “o Kit de alimentação escolar (Lei de minha autoria) não foi entregue em setembro !

A fome em Registro-SP “é decorrente da grave crise econômica que leva o país ter 15 milhões de desempregados e 19 milhões de pessoas passando fome, num país que é campeão na produção de grãos e de proteína animal. E para piorar o presidente Bolsonaro cortou 82% do orçamento da União destinado para ciência e tecnologia. Um desastre uma vez que todos nós sabemos o quanto é fundamental para o desenvolvimento do país com geração de emprego e renda”, destacou a vereadora.

Dados o IBGE demonstram que em 2013 o Brasil teve o melhor nível de segurança alimentar da série histórica (Pnad), com mais de 77% dos domicílios nessa condição. Em 2014, o Brasil inclusive deixou o chamado Mapa da Fome da ONU.

Por isto a vereadora Sandra destaca que “é preciso que a fila para a disputa pelo osso ou o silêncio daqueles que sentem a fome corroer suas vidas e suas esperanças não sejam ignorados por nenhum de nós cidadãos, e muito menos pelo poder público”.

Postar um comentário

0 Comentários