Dia D Saúde da Mulher resulta em mais de 240 atendimentos Dia D Saúde da Mulher resulta em mais de 240 atendimentos - Registro-SP

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Dia D Saúde da Mulher resulta em mais de 240 atendimentos

A mobilização foi para alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e câncer de colo uterino

Dia D Saúde da Mulher resulta em mais de 240 atendimentos



O mutirão de Papanicolau, realizado no último sábado (23/10), foi um sucesso. A Prefeitura de Registro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou uma força tarefa que envolveu nove Unidades de Saúde. O trabalho resultou em 243 atendimentos as mulheres, a realização de 121 exames de Papanicolau e 48 encaminhamentos de mamografia.

O Prefeito Nilton Hirota, fez questão de acompanhar a campanha e compareceu nos Postos de Saúde que estavam participando do Dia D. “Todos os profissionais da Saúde estão de parabéns pelo trabalho. É graças a dedicação deles que realizamos os mutirões para facilitar o acesso da população aos serviços de saúde”.

Segundo o Secretário Municipal de Saúde, Edson Gauglitz, a iniciativa tem um grande apela de promoção à saúde. “O Dia D foi uma mobilização feita por diversas equipes de Saúde para alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e câncer de colo uterino. Sabemos que muitas mulheres tem dificuldade de vir durante a semana ao serviço de saúde e por isso pensamos em realizá-lo no sábado”.

O Papanicolau é o método de rastreamento do câncer do colo do útero (o terceiro mais frequente na população feminina) indicado para mulheres de 25 a 64 anos que deve ser realizado a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos normais.

Já o câncer de mama é a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todas as regiões do Brasil, exceto na região Norte, onde o câncer do colo do útero ocupa essa posição. O Ministério da Saúde orienta a realização da mamografia de rotina a cada dois anos partir dos 50 anos.

Postar um comentário

0 Comentários