Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Conseg Registro-SP reafirma luta por comandos regionais de polícia


“Não dá para se falar em Vale do Futuro enquanto as polícias Civil e Militar da região continuarem dependentes da Baixada Santista.”

Diretores do Conseg Registro com o delegado do 1º DP, Filipe Augusto Costamilan Pereira, e o comandante da 1ª Cia. de Policiamento do 14º BPM-I, Tenente PM Rogério Schmidt, membros natos do Conselho.
Diretores do Conseg Registro com o delegado do 1º DP, Filipe Augusto Costamilan Pereira, e o comandante da 1ª Cia. de Policiamento do 14º BPM-I, Tenente PM Rogério Schmidt, membros natos do Conselho.

Reeleita para mais dois anos de mandato, a diretoria do Conseg Registro-SP (Conselho Comunitário de Segurança) tomou posse, há poucos dias, reafirmando sua luta pela criação do Departamento de Polícia Judiciária do Vale do Ribeira, o Deinter-11, e do Comando de Policiamento do Interior (CPI) para a PM na região.

Atualmente, as polícias Civil e Militar do Vale do Ribeira são subordinadas à Baixada Santista.

Já faz anos que a Coordenadoria Estadual dos Consegs e o Conseg Registro-SP iniciaram gestões para que o Vale do Ribeira tenha representação própria, a partir da divisão da área territorial do Deinter-6 e do CPI-6, sediados em Santos.

Para o presidente do Conseg Registro-SP, Dilson Tsunoda, “não dá pra se falar em Vale do Futuro enquanto as polícias Civil e Militar da região continuarem dependentes da Baixada Santista”. Ele lembra que as outras secretarias têm direções regionais no Vale do Ribeira. “Menos a Segurança Pública, que é uma área tão importante para a população”.

Dilson acrescenta que “o Vale do Ribeira já tem uma estrutura sólida e uma alta demanda, mas que nem sempre é atendida em razão de sua completa dependência de Santos”.

E justifica: “A Baixada Santista é uma região de forte necessidade, o que torna praticamente inviável atender também o Vale do Ribeira, tanto em termos estruturais quanto administrativos”.

A causa já ganhou importantes apoios, fundamentais para o seu sucesso. Dois meses atrás, o deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP) divulgou em suas redes sociais que tem trabalhado intensamente para viabilizar a proposta. “Essa ação trará um ganho histórico para a nossa região, pois é uma elevação de patamar para a segurança pública do Vale do Ribeira”, disse.

Há poucos dias, foi a vez do diretor do Deinter-6, delegado Manoel Gatto Neto. Embora o Vale do Ribeira hoje seja subordinado ao departamento sob seu comando, Gatto afirmou em entrevista ao jornal Notícias do Vale que será um facilitador para a criação do novo departamento. “Jamais eu poderia me opor a essa legítima pretensão”, garantiu.

Até 1999, o Vale do Ribeira tinha a sua Delegacia Regional de Polícia, em Registro-SP, que à época respondia a um departamento único, sediado na capital, responsável pela Polícia Civil de todo o interior do Estado.

Entretanto, com a descentralização do órgão, em novembro daquele ano, as delegacias regionais foram extintas, e foram criados departamentos nas regiões, entre eles o Deinter-6, ao qual o Vale do Ribeira passou a ser subordinado.

Diretoria do Conseg Registro


A diretoria reeleita para permanecer à frente do Conselho Comunitário de Segurança de Registro até maio de 2023 é composta por Dilson Tsunoda, na presidência; Marco Antônio Câmara Andrade, vice-presidente; Joana Soares, 1ª secretária; Mônica Nogueira Lima, 2ª secretária, e Celso Luiz Bertelli Maeji, diretor social e de assuntos comunitários.

O Conseg realiza reuniões periódicas, abertas a todos os interessados, sempre na última terça-feira de cada mês, com início às 19 horas.

Atualmente, os encontros acontecem no salão Associação Cultural Nipo Brasileira de Registro-SP (Bunkyo), que, por ser amplo e arejado, permite que sejam respeitadas as regras sanitárias estabelecidas em razão da pandemia de covid-19.

Registro-SP, 09 de junho de 2021


Postar um comentário

0 Comentários